CONTRATOS DO LEILÃO SÃO ASSINADOS

, Tecnologia

 

foto: Divulgação

foto: Divulgação

O Diretor-Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Romeu Donizete Rufino, reuniu ontem com os representantes dos vencedores do Leilão de Transmissão nº 7/2013 para assinatura dos contratos de concessão.

O leilão teve deságio médio de 7,15%. Os maiores deságios, ambos de 29,99%, foram verificados nos Lotes I e K, compostos por três linhas de transmissão e duas subestações localizadas nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e uma subestação no Mato Grosso do Sul.

O Lote P obteve deságio de 28%. O terceiro maior deságio, de 20,06%, foi verificado no lote E, composto por duas linhas de transmissão e duas subestações no estado do Ceará. Já o Lote N, formado por duas linhas de transmissão e duas subestações localizadas no Acre, não teve nenhum deságio.

Os investimentos previstos para as novas instalações são da ordem de R$ 3,6 bilhões, com geração de 12.183 empregos diretos. O prazo das obras vai variar de 24 a 48 meses. As instalações de transmissão serão construídas em São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Acre.