Perspectiva do ratings de Itaipu

, Mercado, Negócios
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Conhecida como agência de classificação de risco a Standard & Poor’s, reafirmou o rating de crédito corporativo de longo prazo ‘brAAA’, na Escala Nacional Brasil, atribuindo a Usina Itaipu Binacional. A perspectiva do rating ainda permanece estável, o que reflete a importância estratégica, tanto para o Brasil, quanto para o Paraguai.

Para a Standard & Poor’s, os pontos fortes que sustentam o rating da usina são o próprio tratado de Itapu, que estabelece as regras e o preço da energia gerada pela usina. Os índices operacionais da usina também são fortes. Por outro lado, ela vê o endividamento como ponto fraco, mas esse risco acaba minimizado, uma vez que os únicos credores de Itaipu são o Tesouro e a Eletrobras. A perspectiva estável do rating reflete a ideia de que a usina vai continuar se beneficiando do apoio do governo do Brasil. A S&P alerta que poderia haver um rebaixamento do rating caso houvesse uma ação similar nos ratings de crédito do governo soberano brasileiro na Escala Nacional Brasil.

O perfil de risco do negócio da empresa, já é visto como satisfatória. Porém a liquidez é vista como adequada, uma vez que em função de sua estrutura tarifária, ela não precisa manter uma elevada posição de caixa. A agência também espera que Itaipu apresente liquidez de R$ 1,6 bilhão.