Redução na expectativa de armazenamento no SE/CO

, Economia, Mercado
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A previsão de energia armazenada foi reduzida a 35,6% nos reservatórios, pelo Operador Nacional do Sistema.

A expectativa é que abril feche com afluências inferiores as previstas inicialmente para os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Sul e estabilidades no Norte e no Nordeste. A afluência no SE/CO foi reduzida de 83% para 70% da média de longo termo no mês; no Sul, a revisão foi de 120% para 98% da MLT. Já no Norte e Nordeste, a afluência deve ficar em 100% e 42% da MLT, respectivamente.

As chuvas continuam de fracas a moderadas sobre as principais bacias do país na semana operativa de 5 a 11 de abril, já as afluências devem aumentar apenas no Nordeste, em relação ao verificado na semana anterior, e diminuir nos subsistemas SE/CO e Sul. Além de apresentar estabilidade no Norte. O Custo Marginal de Operação subiu no SE/CO e no Sul para R$ 1.303,77 por MWh, enquanto apresentou recuou para R$ 846,37/MWh no Nordeste e para R$ 814,18/MWh no Norte. Foram atingidos os limites de transmissão Norte-Sul, de acordo com o Operador.

Segundo o ONS, o primeiro trimestre apresentou a terceira pior afluência do histórico de 82 anos nos subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste.

chamados ao despacho 16.048 MW médios de termelétricas, todo o montante por ordem de mérito. O ONS reduziu em 0,3 ponto percentual a expectativa