Tractebel inaugura parque no Ceará

, Economia, Mercado

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A EOL Mundaú, com 13 aerogeradores e capacidade instalada de 30 MW, foi colocada em operação pela Tractebel Energia. O último parque do Complexo Eólico Trairi, no Ceará recebeu investimentos de R$ 540 milhões para os quatro parques, que somam 115,4 MW. Mundaú tem 30 MW, Flexeiras, 30 MW, Trairi possui 25,4MW e Guajiru, 30MW.

Para o presidente da Tractebel, Manoel Zaroni, a intenção é de seguir investindo na diversificação de fontes de energia, dando mais segurança ao mix de produção.  Zaroni lembrou ainda que o Complexo Trairi é o segundo empreendimento da companhia a ser registrado pelas Nações Unidas no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. O primeiro foi em 2005, com a Unidade de Cogeração Lages (SC).

As obras de implantação do Complexo Eólico Trairi tiveram início em outubro de 2011 e chegaram a mobilizar no seu ápice mais de 700 pessoas, entre empregados da Tractebel e empresas terceiras. Sempre que possível, foi priorizada a contratação de mão-de-obra da localidade, inclusive para a fábrica de torres, que foi implantada no município para a produção das estruturas que sustentam os aerogeradores.