Brasil atinge 148.555 MW de capacidade instalada de geração de energia elétrica

, Notícias

A capacidade instalada total de geração de energia elétrica do Brasil atingiu 148.555 MW. Comparando-se outubro de 2016 com outubro de 2015, foram acrescentados no período 9.283 MW, sendo 5.215 MW de geração de fonte hidráulica, 2.980 MW de fonte eólica, 1.087 MW de fontes térmicas e 2 MW de fonte solar.

Entre as fontes renováveis, a fonte eólica foi a que apresentou maior crescimento percentual, atingindo 44% de evolução na comparação com o mesmo mês do ano passado. A capacidade instalada de geração a partir dos ventos é de 9.660 MW, oriundos de 395 usinas eólicas no Brasil. Com o montante atual, a energia eólica já representa 6,5% da matriz de capacidade instalada, o que mostra a gradativa inserção dessa fonte em nossa matriz.

Em relação à produção de energia elétrica, a geração hidráulica correspondeu a 69,1% do total no do país em setembro de 2016, 1,4 p.p. inferior ao verificado no mês anterior. A participação da fonte eólica alcançou 8,0%. Já a participação de usinas térmicas se manteve estável. De outubro de 2015 a setembro de 2016, produção acumulada de energia elétrica no Brasil atingiu 541.306 GWh.

O resultado reafirma a importância das energias renováveis para o Brasil cumprir as metas que assumiu na COP 21, de elevar para ao menos 23% a fatia de energias renováveis (além da hídrica) na matriz elétrica até 2030.

Com relação à expansão no mês de outubro, entraram em operação 394,68 MW de capacidade instalada de geração, 65,0 km de linhas de transmissão e 100 MVA de capacidade de transformação na Rede Básica. Em 2016, a expansão do sistema totalizou 7.745,2 MW de capacidade instalada de geração, 4.137,4 km de linhas de transmissão de Rede Básica e conexões de usinas e 9.247,0 MVA de transformação na Rede Básica

#GrupoMidia #GrupoMidia10Anos #FullEnergy #LiderancaEmEnergia #Energy #Energia #LiderancaEmGestao