ABRAPCH recebe convite do CREA-PR para participar da 73º Semana Oficial da Engenharia e Agronomia

37
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No último dia 18 o presidente da ABRAPCH, Ivo Pugnaloni esteve reunido com o presidente do CREA-PR para tratar de assuntos relativos à participação da entidade na 73º Semana Oficial da Engenharia e Agronomia(Soea) que acontecerá esse ano em Foz do Iguaçu, entre os dias 29 de agosto e 03 de setembro.

Na ocasião o Presidente da ABRAPCH expôs o resultado dos trabalhos que a Associação tem feito para divulgar a potencialidade dos 10 mil MW de projetos que estão sendo aprovados pela ANEEL e a potencialidade para o crescimento da economia a injeção de 75 bilhões de reais na construção desses empreendimentos. E entregou ao presidente Joel Krüger o Relatório “Apagão Financeiro do Setor Elétrico – Acaso ou Planejamento?”

O presidente do CREA , Joel Krüger, apresentou para a ABRAPCH o convite para que participe da programação intensa de eventos que ocorrem durante a Semana da Engenharia e Agronomia, entre eles o 9º Congresso Nacional de Profissionais (CNP) e o 3º Congresso Técnico Científico da Engenharia e da Agronomia (Contecc) que acontecem em paralelo com a semana oficial.

O presidente Joel Krüger, na qualidade de componente da comissão organizadora da Semana Oficial e das demais solenidades descreveu como esses três eventos que ocorrem paralelamente podem servir para que as pequenas centrais hidrelétricas e CGHs mostrem todo o seu potencial em termos de geração de energia, redução de tarifas e do custo Brasil e de crescimento econômico, convidando a ABRAPCH a apresentar trabalhos técnicos e propostas aos três eventos.

Para o Presidente da ABRAPCH, “realmente é uma oportunidade ímpar e que será bem aproveitada, pois a ABRAPCH deve participar em todos os estados dos congressos estaduais de profissionais e também da elaboração de temas e artigos técnicos para o Contecc. Em fevereiro as regras para a participação desses eventos serão divulgadas pelo CONFEA e a nossa intenção é que a ABRAPCH proponha em todos eles a realização da 1º Conferência Nacional de Energia como forma de democratizar o debate sobre esse importante assunto que hoje continua restrito a alguns poucos corredores e gabinetes de Brasília. Mas que deveriam ser do conhecimento e participação de toda a sociedade, investidores, consumidores, construtores, academia, projetistas e consultores, uma vez que é do interesse de toda a sociedade que haja o crescimento de todas as fontes renováveis frente ao avanço dos efeitos danosos sobre o meio ambiente que vem sendo observados”.

Esse assunto deverá ser tratado no site da ABRAPCH de maneira a informar todos os profissionais de engenharia que trabalham nas cadeias produtivas das PCHs e para que apresentem trabalhos técnicos.

A ABRAPCH deve participar de eventos similares que ocorram em outras áreas do conhecimento porque das categorias profissionais, daqueles que realmente estão encarregados dos projetos, das empresas e do crescimento nos órgãos públicos que depende a tomada de consciência da sociedade, informou o executivo da ABRAPCH.