Atlas solarimétrico facilita investimentos em energia solar no Tocantins

151

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) lançou,na manhã de terça-feira, 31, o Atlas Solarimétrico do Tocantins, no auditório do Palácio Araguaia. O workshop, que marcou o lançamento do produto, foi prestigiado por empreendedores, professores universitários, acadêmicos, técnicos, gestores públicos e pessoas interessadas em energia solar fotovoltaica.

O workshop iniciou com a apresentação do Atlas e abordou o potencial do Estado do Tocantins para aproveitamento solar na modalidade Concentradores Solares Parabólicos (CSP), política pública do Estado do Tocantins de incentivo à geração de energia solar (Programa Pró-Solar), o programa de incentivo da prefeitura de Palmas para o setor e o papel do setor público na expansão da geração distribuída.

O evento continua à tarde, com a apresentação de um panorama geral da fonte solar fotovoltaica no Brasil e no Tocantins, regulamentação da energia solar no Brasil, procedimentos para conexão à rede da Energisa e apresentação de linhas de financiamentos para geração solar isolada e distribuída.

O secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Leonardo Cintra, afirmou que a apresentação do Atlas é apenas o passo inicial que o Governo está dando para poder atrair ainda mais investimentos para o Tocantins.

“O principal objetivo é trazer emprego, gerar renda e explorar de maneira sustentável a energia solar. Vamos aproveitar essa energia e transformar em benefício para a população, barateando custos, trazendo mais investimentos e renda para a população”, afirmou.

Segundo o subsecretário da Semarh, Rubens Brito, o Atlas Solarimétrico do Tocantins consolida as informações que vêm sendo monitoradas há mais de 30 anos no Estado e foi elaborado em parceria com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), com recursos de R$ 874.713,87.

Rodrigo Lopes Sauaia, presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) e um dos expositores do workshop disse que o Tocantins é um dos estados brasileiros com melhores índices de irradiação solar do país. “É o estado que tem a melhor irradiação solar do Norte do Brasil. Portanto, tem um enorme potencial para desenvolver e aproveitar a energiasolar fotovoltaica como uma tecnologia que vem trazer não só energia elétrica, mas desenvolvimento, empregos, novas oportunidades de negócio, investimentos ao estado e contribuir também com a diversidade e a diversificação da matriz elétrica do Tocantins”, esclareceu.

Rodrigo Sauaia disse também que o Atlas serve como referência para que os empreendedores conheçam a qualidade do recurso solar do Estado e possam, por meio dessa informação, planejar os seus negócios para a região.