BNDES financiará até 70% de projetos de geração de energia

67
Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 06/05/2010. Prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio de Janeiro. - Crédito:PAULO VITOR/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:56876

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou em nota que financiará até 70% dos investimentos nos projetos de geração de energia elétrica  e transmissão a serem licitados em 2016 por leilões públicos do governo federal.

As regras são válidas já para o próximo leilão, previsto para o dia 13 de abril. Além disso, o custo financeiro dos empréstimos será TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo, hoje em 7,5% ao ano), mais 1,5% ao ano de spread básico, mais spread de risco de até 2,87% ao ano.

Nas condições de crédito para os leilões, que o BNDES tem de anunciar antes dos certames, também foram mantidos outros itens introduzidos nos últimos anos como a possibilidade de conversão do sistema de amortização da dívida de SAC para Price, quando houver emissão de debêntures de infraestrutura.

Para os interessados, o prazo máximo os financiamentos depende do segmento do projeto: até 20 anos, para hidrelétricas; até 18 anos, para energia solar; até 16 anos, para energia eólica e para geração térmica (biomassa, carvão e gás natural); e até 14 anos, para projetos transmissão.