Brasil exporta materiais para indústria eólica a partir do porto de Pecém (CE)

74

A indústria eólica brasileira cresceu muito nos últimos anos, principalmente no Nordeste, onde foram construídos muitos parques geradores a partir dos ventos, e esse avanço já ultrapassa as fronteiras, com a exportação de materiais para outros países.

Esse processo tem como parte da cadeia logística o Porto do Pecém, no Ceará, por onde será escoada a produção de pallets e briquetes, utilizados pela indústria eólica. As peças serão fabricadas pela empresa Ecopellet, instalada na Zona de Processamento de Exportação do Piauí (ZPE-Parnaíba), que tem como destino principal de suas exportações os continentes europeu e asiático.

A previsão é que a unidade local alcance uma produção inicial média de 120 toneladas/dia, começando as atividades ainda neste mês de agosto.