segunda-feira, Março 25, 2019
Notícias Brasil poderá realizar apenas um leilão de energia de reserva em 2017

Brasil poderá realizar apenas um leilão de energia de reserva em 2017

98

Em 2017, o Brasil deve ter apenas um leilão de energia de reserva, com a contratação de usinas eólica, solar, pequenas centrais hidrelétricas e bioenergia. O certame deve oferecer contratos com entregas para os anos 2020, 2021 e 2022.

No entanto, a decisão sobre o leilão – previsto para setembro – só deverá acontecer após a licitação de descontratação de energia, agendada para 31 de agosto e após a revisão da garantia física das hidrelétricas.

Em relação aos leilões regulares, o Ministério de Minas e Energia (MME) vai pedir que as distribuidoras apresentem a necessidade de energia para os próximos sete anos.

Com base neste cenário, a pasta poderá fazer um leilão no final de 2017 com contratos de entrega de energia para 2020 e 2024. Mas este certame só acontecerá caso o MME identifique a demanda das distribuidoras. Em pesquisas iniciais feitas pela Empresa de Pesquisa Energética, o Brasil deve precisar contratar um volume de até 15 mil MW de energia nova.