Carga de energia elétrica apresenta crescimento de 1,7% em março, segundo ONS

58

A carga de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional no mês de março somou 69.400 MW médios, crescimento de 1,7% em relação a março de 2015, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico em boletim divulgado nesta segunda-feira, 11 de abril. Descontados os fatores não recorrentes e não econômicos sobre a carga (como variações de temperaturas, calendário e perdas na Rede Básica), a variação ficou positiva em 1,4%. Na comparação com fevereiro/16, a variação ficou negativa em 1,1%.

Segundo o ONS, o comportamento da carga no SIN vem sendo afetado pelo baixo desempenho da atividade econômica do país. Por outro lado, a ocorrência de temperaturas elevadas no subsistema Sudeste/Centro-Oeste e a continuidade do movimento de ajuste dos estoques da indústria contribuíram em sentido contrário, justificando a taxa de variação positiva da caga no SIN em março.

No Sudeste, a carga somou 41.278 MW médios em março, crescimento de 2,4% na comparação com o mesmo mês de 2015. No Sul, a carga somou 11.681 MWméd (-3,3%); no Nordeste foi 10.841 MWméd (3,1%) e no Norte 5.501 MW médos (4,8%).

Ainda segundo avaliação do Operador, a elevação das tarifas de energia elétrica vem se refletindo nos padrões de consumo dos brasileiros, contribuindo para redução na carga, principalmente nos subsistemas SE/CO e Sul. Por sua vez, a carga no Nordeste que, ao longo de 2015, se mostrava menos sensível aos efeitos da conjuntura econômica adversa, já apresenta variações negativas nos primeiros dois meses de 2016. A carga do sistema Norte está influenciada pela interligação do sistema do Macapá.