terça-feira, junho 18, 2019
Notícias Política Comissão do Senado quer aprofundar debate sobre comercialização de energia elétrica

Comissão do Senado quer aprofundar debate sobre comercialização de energia elétrica

231

Votação do PLS 201/2015, que implanta a concorrência na comercialização de energia para a baixa tensão, ficou para a próxima reunião

A votação, pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal, de projeto de Lei do Senado que implanta a concorrência na comercialização de energia elétrica para clientes de baixa tensão, foi adiada devido a pedido de vista coletivo. O PLS 201/2015, de autoria do senador Hélio José, deve ser votado na próxima reunião da comissão.

A proposta prevê que a tarifa para esses consumidores seja binômia, ou seja, com a separação dos custos de compra de energia elétrica, distribuição, transmissão e perdas. Além disso, a fatura deverá discriminar as tarifas de consumo e de demanda de potência. O relator, senador Walter Pinheiro (PT-BA), pediu a aprovação da matéria na forma de um substitutivo e afirmou que ela será mais detalhada e debatida na Comissão de Serviços de Infraestrutura, para onde deve ser encaminhada em seguida.

No entanto, o senador Fernando Bezerra (PSB-PE) pediu vista do projeto com o objetivo de aperfeiçoar o substitutivo de Walter Pinheiro. Ele citou o exemplo da barragem de Sobradinho, próxima à cidade de Petrolina, em Pernambuco, em que um projeto piloto está colocando painéis solares na superfície dos lagos. “Eu gostaria de aprofundar mais a análise nesse substitutivo, porque penso que esses projetos pilotos podem ser a base de um programa muito mais amplo, especificamente para o Nordeste brasileiro”, disse.