quarta-feira, junho 26, 2019
Artigos Como usar o estresse para aumentar sua disposição e motivação

Como usar o estresse para aumentar sua disposição e motivação

231

Usar o poder dos desafios pode transformar este inimigo da rotina em seu maior aliado

 

Na edição passada mostrei como desfrutar de dias mais produtivos e menos estressantes. Nesta edição quero ajudá-lo a lidar melhor com o estresse. Não me refiro à quando você se irrita com seu chefe ou recebe a fatura do cartão de crédito. Lembra-se que normal e comum são coisas diferentes? Pode ser comum as pessoas viverem estressadas, mas não é normal. A quantidade certa de estresse no momento certo pode elevar nossa produtividade quando estamos um pouco desmotivados.

Ressignifique o estresse

Imagine alguém que pratica musculação. Afim de desenvolver seus músculos, ao treinar esta pessoa aplica estrese sobre o corpo. Similar ao estudante que passa horas resolvendo diversos problemas matemáticos. Ele está aplicando estresse à própria mente afim de reter mais conhecimento.

Podemos até pensar que o ideal é trabalhar sem estresse. Porém estudos demonstraram que podemos ser mais eficientes quando estamos sob um nível controlado de estresse. Para isso, é importante encarar suas tarefas como desafios. Aposte uma paçoca com o estagiário, que você vai terminar em uma hora, aquele relatório chato no qual você não quer trabalhar há uma semana. Pequenos jogos podem nos estimular a concluir atividades enfadonhas com prazer. Como por exemplo o Habit RPG, um app que deixa o seu herói mais poderoso à cada tarefa concluída.

 

Como você reage ao estresse?

De acordo com a lei de Yerkes-Dodson, o desempenho de tarefas simples aumenta com o estresse, mas diminui para as mais complexas. Procure entender, como você é afetado ao longo do dia e crie estratégias para lidar com o estresse. E bom pra sua saúde mental e produtividade.

Você pode usar o app Daylio para identificar quais emoções sente ao praticar uma atividade. Alguns dias de observação lhe darão uma boa pista, sobre quais atividades ou situações te deixam mais estressado ou relaxado. Use o aplicativo para registar:

  • Onde você está;
  • Que horas são;
  • O que você está fazendo;
  • Com quem você está;
  • Como você está se sentindo.

Ambientes barulhentos

Barulho pode ser um grande empecilho quando tentamos nos concentrar. A parte legal é que um dos melhores jeitos de acabar com o barulho é gerando mais barulho. Geradores de ruído simulam do chuvisco da TV às chuvas torrenciais em florestas. O site MyNoise.net disponibiliza centenas de sons ambientes para abafar a conversa dos colegas de trabalho. Ponha seus fones de ouvido e monte aquela planilha ao som dos ventos nos Picos do Tibet.

Comunicação produtiva sem estresse

É fácil perder a paciência quando somos constantemente interrompidos. Apesar dos benefícios dos e-mails, mensagens instantâneas e redes sociais podem tomar muito do nosso tempo. A boa notícia é que podemos usá-los de forma produtiva. Te desafio a baixar o aplicativo Rescue Time em seu celular e computador, para descobrir quanto tempo você fica distraído em abas aleatórias.

Quanto mais nos redemos as notificações, menos produtivo nosso dia se torna. Cal Newport, autor do livro Deep Work Rules for Focused Success in a Distracted World, sugere em seu site que, há uma curva simples de como o uso do email afeta nossa produtividade.

 

A extremidade esquerda do gráfico sugere que quando não há e-mails somos razoavelmente produtivos. À medida que começamos a usá-lo mais, nos tornamos mais produtivos graças ao acesso a informações de colaboração. Porém isso funciona só até certo ponto. Quando abusamos, nossos níveis de produtividade caem a um ponto em que nada mais é feito a não ser responder e-mails. O mesmo é válido para mensagens instantâneas, ligações e reuniões.

 

Comunicação produtiva

Não direi a você que deixe de verificar seus e-mails e mensagens ao acordar. Mas recomendo que se tiver a opção de não o fazer, terá a oportunidade de começar o dia com mais tranquilidade. Algumas dicas práticas podem ajuda-lo a minimizar as distrações e se concentrar melhor. Conheça as potencialidades e limitações de cada ferramenta de comunicação.

  • Ligações: Sempre que tiver algo urgente para falar ligue. Comece pelo motivo da sua ligação. Pergunte se a pessoa tem tempo para falar com você (5 ou 10 minutos). Obedeça o tempo comninado, do contrário marque uma reunião ou peça as informações por email.
  • Mensagens instantâneas: Seja por chats, WhatsApp ou SMS, ao enviar mensagens não espere que a outra pessoa responda na hora. Conversas de texto são diferentes de uma ligação ou encontros presenciais. Use essa ferramenta para enviar lembretes ou pedir coisas não urgentes.
  • Mensagens de Voz: Tem as mesmas potencialidades e limitações das mensagens de texto com a vantagem de poderem ser “consumidas” enquanto executamos outras atividades. Mas se pedirem um dado como endereço, número ou coisas do tipo, não envie por áudio. Neste caso é melhor escrever. Se não der na hora, envie depois. Mensagens de texto e de voz não devem ser uma prioridade na sua rotina. Como diz a música, “temos nosso próprio tempo”.
  • E-mails: Seja breve e objetivo, deixe claro sua intenção. E-mails também são ótimos para envios de arquivos. Use-o para comunicar informações mais complexas e que não necessitam de resposta imediata. Evite criar discussões prolongadas via e-mail. Para isso servem as reuniões.
  • Reuniões: Seja presencial ou por vídeo conferência as reuniões são excelentes para chegar à acordos e tirar dúvidas, desde que não se prolonguem por mais de 30 minutos. Alguém deve assumir o papel de mediador e trazer o foco da conversa para o assunto principal caso os participantes comecem a divagar. É interessante enviar os tópicos das reuniões por e-mail antes de realiza-las e um resumo do que foi acordado após finalizá-la.

Seguindo essas sugestões e reservando períodos específicos do seu dia para cada tipo de atividade, você poderá se concentrar na execução de tarefas relevantes e evitar distrações. Assim você pode se desafiar com atividades mais estimulantes aplicando a dose certa de estresse para continuar crescendo.

 

Autor: Gustavo Augusto, publicitário na Multiverso Studios e autor do blog Domine Seu Mundo

Gustavo Augusto, publicitário