Congresso em São Paulo debate eficiência energética no Brasil

62

O setor de eficiência energética vai entrar no foco dos debates no fim do mês de agosto, nos dias 30 e 31, quando será realizado o 13º Congresso Brasileiro de Eficiência Energética (COBEE), em São Paulo, no Centro de Convenções Frei Caneca, já com inscrições abertas.

Um dos temas e impulsionadores desse segmento é a meta assumida pelo Brasil durante a COP 21, com o objetivo de reduzir suas emissões em 43% abaixo dos níveis de 2005 até 2030 através de várias medidas, entre elas, atingir 10% de ganho de eficiência no setor elétrico entre 2021 e 2030.

A edição deste ano do congresso vai reunir também representantes da Ásia e Pacífico e União Europeia para apresentar as novidades e tecnologias de seus países.

Dentre os destaques do evento está o especialista sênior em Tecnologias de Baixo Carbono da Low Carbon Business Action in Brazil (LCBA), Ricardo Esparta, que falará sobre os compromissos e as políticas públicas desenvolvidas pela União Europeia para ajudar a cumprir as metas de combate às mudanças climáticas assumidas na COP 21, incluindo a própria LCBA, que tem como objetivo promover rodadas de negócios entre 720 pequenas e médias empresas (PMEs) brasileiras e europeias até o final de 2017 para estimular a transição às tecnologias de baixo carbono.

“O Brasil ocupa papel de protagonista nas discussões multilaterais sobre a mitigação da mudança global do clima. Também tem um mercado grande e de reconhecida importância nas relações econômicas, sociais e políticas com a União Europeia. O grande desafio brasileiro, no entanto, é conseguir alcançar a consistência de políticas que estimulem eficiência energética que a União Europeia já alcançou. Um bom exemplo é a dificuldade de financiamento que as empresas de conservação de energia brasileiras ainda enfrentam”, afirma Esparta.