Cosern investiu mais de R$ 40 milhões na região do Seridó (RN) nos últimos 18 meses

54

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), distribuidora do Grupo Neoenergia que atende os 167 municípios potiguares, divulgou esta semana um balanço dos investimentos feitos nos últimos 18 meses na região do Seridó, onde a empresa tem cerca de 150 mil clientes. Entre janeiro e junho de 2018, os recursos alocados pela concessionária em obras de expansão e manutenção do sistema elétrico na região somaram R$ 10,5 milhões. Em 2017, a Cosern já investira R$ 33 milhões no Seridó.

As informações foram apresentadas à comunidade local pelo gerente da Cosern para o Seridó, José Gomes, e pelo novo gestor da empresa em Currais Novos, Marco Vinícius Guimarães, por ocasião da chegada do caminhão do projeto Energia com Cidadania. Em uma semana de atuação em Currais Novos, o projeto atendeu 1.180 clientes com serviços diversos e fez a troca de 5.300 lâmpadas ineficientes por lâmpadas de LED.

Entre os destaques dos investimentos na região estão a entrada em operação das subestações Currais Novos I (maio de 2017) e Jardim do Seridó (agosto de 2017). A Subestação Currais Novos I foi construída com investimentos de R$ 6,8 milhões, e hoje beneficia 90 mil potiguares nos municípios de Currais Novos, São Vicente, Lagoa Nova, Cerro Corá, Bodó e Florânia. Com investimento de aproximadamente R$ 10 milhões, a Subestação Jardim do Seridó ampliou a oferta de energia para 21 mil potiguares dos municípios de Jardim do Seridó, Ouro Branco, Acari e São José do Seridó.

Outro destaque importante dos investimentos da Cosern no Seridó em 2017 e neste primeiro semestre de 2018 foi a construção de três linhas de transmissão. A primeira liga as subestações Currais Novos II (da Chesf) a Currais Novos I (da Cosern) e teve investimento de R$ 200 mil. A segunda liga Currais Novos I a Acari (R$ 5,8 milhões) e a terceira, Acari e Jardim do Seridó (R$ 6 milhões). Com essas novas estruturas, hoje há três linhas de transmissão entre Currais Novos e Acari e duas entre Acari e Caicó.

Com esse reforço na infraestrutura da Cosern, as interrupções no fornecimento de energia elétrica são cada vez mais raras e, quando ocorrem, o tempo de reestabelecimento é minimizado. De acordo com os levantamentos da Cosern, houve uma redução de 51% na frequência das ocorrências no primeiro semestre de 2018, quando comparado com mesmo período do ano passado. Já o tempo de duração das interrupções caiu 28% no mesmo período.

Ainda no primeiro semestre de 2018, a Cosern instalou no Seridó 1.300 novos postes e construiu 79,8 quilômetros de redes de média tensão. A concessionária colocou em operação 21 novos equipamentos telecomandados, substituiu 15 quilômetros de redes de média tensão nuas por protegidas, e 25 quilômetros de redes de baixa tensão por multiplexadas (que são redes mais compactas e de convivência harmônica com as árvores, evitando podas), além de realizar 4.000 novas ligações de energia.