Crescimento eólico vai gerar 50 mil empregos em 2016

56
Foto: Divulgação

 

Na contramão de uma economia assombrada pelo desemprego, os empreendimentos de energia eólica devem gerar 50 mil novos empregos em 2016 em toda a cadeia produtiva. No ano passado, esse número foi de 40 mil, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica).

“Temos um estudo que envolve toda a cadeia produtiva e ele mostra que a cada Megawatt (MW) instalado, 15 postos de trabalho são gerados”, afirma a presidente da associação, Élbia Gannoum. O investimento em 2016, segundo a presidente, será de R$ 20 bilhões para a construção de 175 novos parques eólicos que vão gerar mais 3 Gigawatts (GW) de energia.

Hoje, existem 349 parques eólicos no Brasil, sendo 324 em operação, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). No ano passado, foram construídos 111 e, em 2014, 95 parques. “Em 2015, completamos 8,7 GW de potência instalada, exatamente igual à geração (da usina) de Belo Monte”, declara.