sábado, Maio 25, 2019
Notícias Economia Energia recua e ajuda a segurar a inflação, indica IBGE

Energia recua e ajuda a segurar a inflação, indica IBGE

113

O índice nacional de preços ao consumidor amplo 15 (IPCA-15) variou 0,54% em julho um aumento de 0,14 ponto porcentual quando comparado ao resultado do mês anterior que ficou em 0,40%. Com isso a inflação no ano já alcançou 5,19%. A energia elétrica apresentou variação negativa de 1,65% nesse mês, e foi um dos principais itens que ajudou a conter o aumento do índice.

Segundo o IBGE, a queda foi influenciada pela redução no valor das tarifas da Copel que recuaram 13,83%, e da CEEE em 7,5% – ambas em junho – e da AES Eletropaulo, que atua na Grande São Paulo e cuja revisão tarifária foi de 7,30% a partir de 4 de julho. O item responsável pela elevação do índice de inflação foi a classe alimentos, com 1,45% de alta e responsáveis por 0,37 p.p. de impacto já que possui 69% de participação na formação do índice.

O cálculo é feito com dados coletados entre os dias 15 de junho e 13 de julho e comparados com o período anterior. E refere-se às famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos com abrangência em 11 regiões metropolitanas.