Energia solar ultrapassa gás e vento em instalações nos EUA

Apesar das tarifas impostas pelo presidente Donald Trump aos painéis importados, os EUA instalaram mais energia solar do que qualquer outra fonte de eletricidade no primeiro trimestre

160

As produtoras instalaram 2,5 gigawatts de energia solar no primeiro trimestre, 13 por cento a mais do que no ano anterior, segundo relatório divulgado nesta terça-feira pela Associação das Indústrias de Energia Solar dos EUA (Seia na sigla em inglês) e pela GTM Research. O montante respondeu por 55 por cento de toda a geração nova, sendo que os painéis solares superaram as novas turbinas eólicas e de gás natural pelo segundo trimestre seguido.

O crescimento ocorre apesar da ameaça de que as tarifas aplicadas aos painéis importados elevariam os custos para as produtoras. Os gigantescos campos de painéis solares lideraram o crescimento e projetos solares comunitários de proprietários de residências e empresas decolaram. As instalações totais neste ano deverão somar 10,8 gigawatts, ou aproximadamente o mesmo do ano passado, segundo a GTM. Até 2023, as instalações anuais deverão chegar a mais de 14 gigawatts.

“A energia solar se transformou em uma opção que faz sentido para boa parte dos EUA e que é forte demais para ser adiada por muito tempo, mesmo diante das tarifas”, disse a CEO da Seia, Abigail Ross Hopper, em comunicado.

 

Fonte: Uol Economia