Expansão da geração já é 26% do previsto para 2016, totalmente com renováveis

44

De janeiro a abril deste ano,  quase 26% da capacidade de geração elétrica nova, esperada até o final de 2016 já entraram em operação, composta integralmente por energias renováveis. A expansão da geração de energia elétrica no país nesse período já soma 1.873 MW , informou o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), após reunião realizada nesta quarta-feira (6/4) e presidida pelo ministro Eduardo Braga.

Desde a reunião anterior do colegiado foram adicionados 410 MW. Está prevista a entrada de 7.223 MW de capacidade de geração novos neste ano.

O CMSE avaliou nesta reunião que, mesmo considerando o desligamento das térmicas mais caras – o que vem sendo feito pelo colegiado desde agosto do ano passado -, o risco de faltar energia no país neste ano é zero, em todas as regiões do Sistema Interligado Nacional (SIN). Essa análise já considera o novo cenário de despacho térmico no país, deixando desligadas as usinas térmicas mais caras, com custo acima de R$ 211/MWh.

“Com base nas análises efetuadas, observa-se que as condições de suprimento de energia do Sistema Interligado Nacional melhoraram em relação ao mês anterior”, avalia o CMSE.