Grécia e Bulgária vão construir gasoduto que ligará os dois países

48

Grécia e Bulgária fazem acordo para construção de um gasoduto entre os dois países e  a criação de um terminal de gás natural liquefeito (GNL) perto da cidade grega do norte de Alexandroupolis.

O acordo foi assinado pelo primeiro-ministro grego Alexis Tsipras e pelo presidente búlgaro  Rosen Plevnelev , durante a visita de Tsipras à Sofia.  O foi acordo assinado dentro do contexto do terceiro Conselho de Cooperação de alto nível entre a Grécia e a Bulgária.

“A Bulgária é provavelmente o parceiro de Grécia mais próximo nos Balcãs, mas mais pela reflexão e menos como resultado de um plano estratégico. Há potencial nas relações bilaterais, especialmente dada a ligação de energia, mas até hoje não temos visto qualquer coisa substantiva”, afirma o diretor de pesquisa do Instituto de Relações Internacionais grego, Constantinos Filis.

Enquanto isso, seguindo a aproximação entre Rússia e a Turquia, o Stream, oleoduto turco, projetado para  transportar o gás da Rússia para a Turquia e Grécia, através do Mar Negro, pode ser reativado.  Ele está muito ligado ao Ocidente, e especialmente aos Estados Unidos e seria ele o último recurso da Rússia, se este escolhesse prosseguir com este projeto.

Além da energia, Tsipras e Borisov  também falaram sobre a necessidade de acelerar a construção de uma ligação ferroviária a partir de Alexandroupolis para o Resort do Mar Negro de Burgas, como forma de impulsionar o comércio e o turismo entre os dois estados membros. Tsipras disse que as relações entre Atenas e Sófia são  “um modelo de cooperação construtiva para a promoção da paz e da estabilidade em toda a região”.

O primeiro-ministro grego também disse que os dois países  permanecem pilares da segurança e  estabilidade, apesar dos desafios que enfrentam na fronteira externa da União Européia