Nordex vai fornecer 66 MW para parque eólico na Bahia

116

O Grupo Nordex vai fornecer 22 turbinas para o parque eólico Ventos da Bahia, de propriedade da EDF Energies Nouvelles. A Acciona Windpower assinou o contrato para este projeto em 2015, antes da fusão com a Nordex. Este é o primeiro projeto da empresa após a fusão.

O parque eólico foi desenvolvido pela Sowitec e terá capacidade total de 66 MW. Serão instaladas dez turbinas modelo AW125/3000, com torres de 120 metros e doze torres com 100 metros, todas de concreto. A produção das torres e a entrega das turbinas começará no final do terceiro trimestre, segundo a Nordex.

Após fusão com a Acciona Windpower, o Grupo Nordex opera três unidades de produção no Brasil: duas fábricas de torres em concreto e uma de fabricação de naceles. A sede da empresa está localizada em São Paulo. Segundo a companhia, as turbinas AW são muito populares e têm muito sucesso no mercado da América do Sul. Depois de finalizada a “Ventos da Bahia I”, serão construídos outros nove parques eólicos no Brasil com uma capacidade total de 1,185 MW.

O Grupo instalou mais de 18 GW de capacidade de energia eólica, em mais de 25 mercados. Em 2015 a Nordex e a Acciona Windpower alcançam um volume de negócio de 3,4 bilhões de euros. Atualmente, conta com mais de 4.800 colaboradores e possui fábricas na Alemanha, Espanha, Brasil, Estados Unidos e, em breve, também na Índia. A gama de produtos concentra-se essencialmente em turbinas onshore do tipo 1,5 a 3 MW, desenhadas para satisfazer as necessidades dos mercados desenvolvidos e também dos mercados emergentes.