terça-feira, junho 18, 2019
Notícias Tecnologia e Inovação Noronha pode fazer uso mais eficiente de energia renovável com apoio dos...

Noronha pode fazer uso mais eficiente de energia renovável com apoio dos Estados Unidos

107

Fernando de Noronha recebeu a visita o diretor do Centro de Análises Estratégicas de Energia do Laboratório Nacional de Energia Renovável (NREL) dos Estados Unidos, David Mooney. Ele esteve na ilha com a cônsul de Assuntos Políticos e Econômicos, Paloma González, do Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife. Nesta segunda-feira (21) os dois estiveram nas usinas de produção de energia solar Noronha I e II. A primeira unidade está instalada na área da Aeronáutica, nas proximidades do Aeroporto. A segunda usina funciona na Placa de Captação de Água, no Boldró.

“Nestas duas usinas nós conseguimos gerar de 8% a 10% da energia consumida na ilha. As usinas de produção solar são um orgulho para empresa, nós estamos contribuindo com a preservação de Fernando de Noronha”, revelou o coordenador Técnico da Companhia Energética de Pernambuco, Kleber Belo de Barros, que recebeu os representantes governo americano.

A empresa que instalou os equipamentos na ilha também enviou um representante para acompanhar a visita e esclarecer dúvidas. “Eu apresentei como o sistema está configurado em Fernando de Noronha. David Mooney é um especialista importante na área de  energia renovável e tem muito a contribuir. Ele apresentou sugestões de melhorias, repassou dicas na operação do sistema que eu acredito que com essas mudanças vamos ter ganhos no nosso trabalho, disse o engenheiro Kirk Bardini.

David Mooney ficou impressionado com Fernando de Noronha. “É uma visita única na vida, a ilha é muito linda, é importante ver o que está sendo feito com a energia renovável aqui”. O especialista deu três sugestões: ” Eu sugiro ampliar a eficiência com o uso de lâmpadas de Led. Também acho que se deve expandir a energia fotovoltaica e fazer uma análise da potencialidade da energia eólica, mesma sabendo que podem existir limitações ambientais” falou Mooney.

O governo dos Estados Unidos ajudou na implantação das usinas de produção solar em Fernando de Noronha e novos trabalhos podem ser feitos. “O Governo dos Estados Unidos pode e quer ampliar as parcerias. A ilha tem muita potencialidade e pode servir como modelo de desenvolvimento sustentável “, afirmou a cônsul Paloma González.