quarta-feira, junho 26, 2019
Fontes Energéticas PCHs O potencial das pequenas centrais hidrelétricas e da geração a partir da...

O potencial das pequenas centrais hidrelétricas e da geração a partir da biomassa foi destacado pelo Ministro Bento Albuquerque

77

Na abertura do Energy Solutions Show – evento que aconteceu em São Paulo, no final de maio -, o Ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque falou sobre a importância dos leilões na contratação de energia que, segundo ele, “se comprovaram o melhor instrumento para permitir a consolidação gradual, na matriz, de todas as fontes renováveis que o planejamento setorial indicava”.

Bento Albuquerque também enalteceu a relevância da cogeração de energia no desenvolvimento energético, e que iniciativas governamentais contribuíram de forma significativa para o aumento da eficiência de conversão da energia da biomassa e, consequentemente, na geração de excedentes e sua distribuição, contribuindo para a diversificação do setor e para o aumento de sua receita. “Com todos esses movimentos, a sociedade passou a contar com a energia das pequenas centrais hidrelétricas, das usinas à biomassa, das eólicas e das solares, a preços cada vez mais competitivos”, declarou o ministro.

As pequenas centrais hidrelétricas – existem hoje 424 em operação – também foram lembradas por Bento Albuquerque. Em seu discurso, ele falou sobre os benefícios destas centrais, pelo baixo impacto que produzem ao meio ambiente, além do desenvolvimento sócio econômico para os municípios onde estão instaladas. Anunciou ações que serão implementadas no próximo mês em Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com objetivo de mostrar os benefícios que a implantação destas centrais trará aos estados e ao país.

O ministro concluiu sua participação destacando os aspectos de previsibilidade, com a definição dos leilões de geração e de transmissão de energia de 2019 até 2021, assim como da governança e da estabilidade regulatória e jurídica “onde poderemos contar com um mercado mais competitivo, com mais investimentos e com melhores serviços prestados à população”.

“Reforçamos que continuaremos trabalhando com afinco e determinação para que as medidas necessárias e estruturantes sejam implementadas no menor prazo possível, transformando o ambiente econômico e abrindo novas oportunidades para investimentos de longo prazo. Estejam seguros do nosso empenho e do nosso entusiasmo para que o setor fortaleça as suas capacidades, de modo que possamos abrir um novo capítulo de prosperidade em nossa história”, concluiu Bento Albuquerque.

Fonte: MME

Foto: PCH Palmeiras, SP