Pedro Parente defende maior estabilidade nas regras para o setor de petróleo

73

O presidente da Petrobrás, Pedro Parente, ressaltou a necessidade do Brasil criar uma estabilidade nas regras de investimentos no setor de petróleo. Recentemente, o estado do Rio de Janeiro criou duas novas leis – uma que taxa com ICMS a produção de petróleo, e a outra que colocou um imposto de fiscalização da atividade.

Segundo Parente, estas novas regras causam “bastante apreensão e preocupações”, porque atingem prováveis áreas que estarão na 14ª rodada de licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP). As afirmações foram feitas durante evento na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) – que concedeu um prêmio à Petrobrás como principal contribuidora para as exportações fluminenses.

O presidente da Petrobrás também declarou que o ambiente geral de negócios no Brasil precisa ser melhorado, mas destacou que acredita que o governo de Michel Temer cuidará com atenção desta questão.