Petrobras: compra de gás natural da Bolívia reduzirá em 45%

257

A Petrobrás anunciou que reduzirá a importação de gás natural da Bolívia em cerca de 45%. O Brasil é o principal cliente da Bolívia neste mercado. Segundo a companhia brasileira, a redução na importação é um reflexo da demanda das termelétricas e da indústria brasileira. A estatal também alega que o aumento da oferta de gás nacional contribuiu para a decisão.

O contrato entre a Petrobrás e a estatal boliviana YPFB prevê a exportação de um volume máximo de 30 milhões de metros cúbicos diários de gás ao Brasil. No entanto, a empresa brasileira não informou qual a quantidade exata está sendo negociada atualmente.

O contrato de importação entre Brasil e Bolívia foi fechado em 1999 e tem duração até o final de 2019, podendo ser prorrogado automaticamente até que todo o volume contratado seja retirado. O governo de Evo Morales tenta negociar a venda de gás para empresas privadas do Brasil. Isso porque o presidente Michel Temer já anunciou que comprará apenas 50% do gás boliviano após o vencimento do atual acordo.

#GrupoMidia #GrupoMidia10Anos #FullEnergy #LiderancaEmEnergia #Energy #Energia #LiderancaEmGestao