Representantes do setor de energia discutem desafios para o mercado solar no Brasil

69

A exposição e conferência Intersolar South America 2016, em São Paulo, que foi encerrada nesta quinta-feira (25), reuniu, durante os seus três dias de realização, especialistas para discutirem os pontos fortes e principais desafios para a ampliação dos investimentos em energia solar no País.

O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Eduardo Azevedo, apresentou algumas questões de políticas públicas para o desenvolvimento do setor como, por exemplo, a isenção de ICMS sobre equipamentos e componentes, e a implantação do Plano Nacional de Energia 2050.

Para o professor da Universidade Federal de Santa Catarina Ricardo Rütter, um dos palestrantes do evento, a conferência apresentou um panorama do setor de energia fotovoltaica e mostrou o potencial do setor para potenciais investidores.

Neste sentido, o presidente da Associação Brasileira de Geração Distribuída, Carlos Evangelista, destacou que o Brasil vai presenciar um crescimento fora do comum no setor solar, isso porque, na opinião do executivo, o País está entre os seis melhores lugares no mundo para se investir em energia solar fotovoltaica.