Solenidade comemora os 60 anos de Furnas

72

Com o objetivo de celebrar seus 60 anos de atividades e reafirmar o papel de destaque que detém no desenvolvimento do país e das empresas Eletrobras, FURNAS reuniu na terça-feira (4/4), no Rio de Janeiro, colaboradores e autoridades do setor elétrico. A cerimônia contou com a presença do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho; do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior; do diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata; do diretor da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) Amílcar Guerreiro; e de diretores de empresas do Grupo Eletrobras.

Depois de recepcionar as autoridades, o presidente de FURNAS, Ricardo Medeiros, ressaltou que a empresa passa por ajustes em sua estrutura organizacional para responder com mais rapidez às necessidades do país. “O que a sociedade espera de nós é o retorno dos investimentos, qualidade e inovação. Qualidade e inovação fazem parte de nosso DNA. Somos pioneiros na maioria das tecnologias de geração e transmissão no Brasil”, disse ele.

Medeiros destacou também que a companhia dá atenção especial aos sistemas de integridade corporativa, compliance e ouvidoria. “Esse cenário competitivo, aliado ao papel relevante da nossa empresa, nos impõe transparência nas ações e prestação contínua de contas aos órgãos de controle”.

Wilson Ferreira Júnior, da Eletrobras, observou que FURNAS tem protagonismo em projetos de grande importância para o grupo, no âmbito do plano estratégico Desafio 21 – excelência sustentável, voltado à confiabilidade operacional, disciplina financeira, governança e conformidade.

Pioneira na implantação de um Centro de Serviços Compartilhados (CSC), FURNAS empresta sua experiência à estruturação de uma unidade de serviços que beneficiará todas as empresas Eletrobras, integrando processos e economizando recursos. Também atua na unificação dos sistemas de gestão SAP do grupo.

“Com todo esforço que estamos empreendendo no Desafio 21, não tenho dúvidas que seremos não só a maior como a melhor empresa de energia da América Latina. Quero agradecer a todos que construíram a história desses 60 anos. Parabéns ao trabalho que fizeram, ao exemplo, ao legado que nos deixam e, finalmente, à inspiração. FURNAS, um orgulho do Brasil”, disse Ferreira Júnior.

Fazendo coro com o presidente da Eletrobras, o ministro Fernando Coelho Filho mencionou que o acerto do programa de reestruturação do grupo já pode ser percebido pelo público e investidores. “Nós precisamos fazer um esforço grande de reorganizar a nossa casa, priorizar as receitas e organizar as despesas. Eu tenho convicção de que muito brevemente, diferente do que muitos imaginavam, o Sistema Eletrobras vai recuperar toda sua capacidade de investimento”, declarou.

Coelho Filho mostrou-se otimista quanto à participação das empresas de energia na recuperação econômica do país: “Vai ser o setor de minas e energia e biocombustíveis que primeiro ajudará o país a reencontrar o crescimento”.

Lucro – FURNAS conquistou lucro recorde de R$ 9,4 bilhões em 2016, revertendo o prejuízo de R$ 70 milhões no ano anterior. Destaque entre as subsidiárias do Grupo Eletrobras, a empresa deve manter trajetória crescente nos próximos anos.

“O resultado positivo em 2016 foi impactado pelo reconhecimento da indenização pelos ativos de transmissão de FURNAS na ordem de R$ 14 bilhões. Mesmo sem considerar tal indenização, a empresa conquistou um lucro de cerca de R$ 210 milhões, o que mostra que estamos no caminho certo em manter a trajetória de redução de custos, recuperação de caixa e lucratividade”, afirmou o presidente Ricardo Medeiros.

A receita operacional bruta de FURNAS atingiu R$ 20,4 bilhões no exercício; o EBITDA foi de R$ 15 bilhões, 750% maior que no exercício anterior, influenciado, entre outros, pela redução nas despesas operacionais, de cerca de R$ 725 milhões em relação a 2015.

#GrupoMidia #GrupoMidia10Anos #FullEnergy #LiderancaEmEnergia #Energy #Energia #LiderancaEmGestao