Usina de biomassa entrará em operação em Rondônia

66

Uma usina termelétrica movida a biomassa de eucalipto entrará em operação na região de Pimenta Bueno (RO) a partir do segundo semestre deste ano, podendo fornecer energia elétrica suficiente para uma cidade de aproximadamente 40 mil habitantes.

Diretamente ligada à instalação da usina de biomassa, foi impulsionada no município a plantação de um tipo de eucalipto ideal para o seu abastecimento, selecionado entre 200 matrizes no decorrer dos anos.

A Eletrogóes, responsável pela usina de biomassa, criou um viveiro-laboratório próprio para o estudo das espécies de eucalipto, capaz de produzir, por ano, seis milhões de mudas que são comercializadas a preço de mercado para produtores rurais da região.

Gefeson Melo, gerente operacional do projeto, informou que é preciso formar um cinturão verde de raio de 100 quilômetros para abastecer a usina, enfatizando que este é o momento ideal para pequenos e grandes produtores plantarem eucalipto. “Chamamos de floresta energética essa fonte de energia renovável e de geração de emprego e renda”, afirmou. A energia gerada em uma usina de biomassa é renovável e menos poluente do que fontes como combustíveis fósseis e carvão.