“A Covid-19 ensinou sobre nos adaptarmos ao que estamos vivendo”, diz Fundador da Sices

Leonardo Curioni está entre os 100 Mais Influentes da Década da Revista Full Energy

Fundador da Sices Solar, Leonardo Curioni é formado em engenharia elétrica pela Universidade Politécnica de Milão. A partir de 2006, começou a se dedicar a um grande sonho: a geração de energia solar fotovoltaica. Hoje, já acumula mais de 15 anos de atuação no setor.

Curioni atuou nos mercados da Europa, África e EUA e, em 2013, se transferiu para o Brasil, onde criou a Sices Solar – empresa 100% brasileira, mas com DNA italiano – que, em menos de uma década, se tornou a maior empresa do setor no Brasil e na América Latina.

O empresário cita que o momento mais marcante de sua carreira, nos últimos 10 anos, foi ter decido se mudar para o Brasil para criar um exemplo de empresa para energia solar fotovoltaica. O Brasil, naquele momento, tinha pouco investimento de energia solar e não havia incentivo do governo.

Depois disso, a empresa conseguiu se estabelecer bem no mercado. Mas, em 2020, Curioni conta que teve um grande desafio: se afastar espontaneamente da administração da empresa. O objetivo foi de profissionalizar ainda mais a Sices, com diretores executivos de mercado que saibam gerenciar o crescimento internacional do negócio.

Hoje, ele diz que está mais focado na parte técnica da empresa, com a criação de produtos, novas concepções e nichos de atuação da energia solar no Brasil. “Temos sempre que nos reinventar e isso significa achar uma modalidade, serviços complementares ou ideias que consigam colocar você no topo do mercado. Claro que com isso vem os investimentos. ”

Com a pandemia, o fundador da Sices explica que o setor de energia solar também foi afetado. Primeiro em função do dólar, pois a Sices vende uma tecnologia 100% importada da China, então o câmbio foi afetado diretamente com a moeda nacional. “Houve um aumento de 30% do custo do produto no estoque”, explica. Vale ressaltar também a escassez de matéria-prima que afetou as indústrias e o mercado.

Curioni diz que, apesar de todas as dificuldades, a pandemia trouxe um aprendizado importante: adaptabilidade. “Esse é um dos valores mais atuais e mais importantes. Se adaptar não é só sobre o lado profissional, mas é sobre a nossa alma, mente e ser. A Covid-10 nos ensinou a se adaptar ao que estamos vivendo. ”

 

Confira a entrevista completa:

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias