Anna Paula Pacheco, da Eneel Distribuidora: “As distribuidoras terão um papel fundamental na modernização e digitalização de suas redes”

Ganhadora do 100 Mais Influentes da Energia na categoria Gestão e Eficiência, Anna compartilha sua trajetória e perspectivas para o setor

Formada em Engenharia Elétrica/Produção pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos na Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, Anna Paula Pacheco traz 25 anos de experiência no setor elétrico nos segmentos de Geração, Comercialização e Distribuição.

Em 2010, assumiu a posição de Gerente de Regulação e Comercialização na Companhia Energia Sustentável do Brasil S.A – GDF. Em 2013, retornou ao Grupo Enel como diretora de Regulação Brasil e Uruguai da Enel Green Power Brasil, braço de energia renovável do Grupo Enel.

Atualmente, Anna ocupa a posição de diretora presidente da Enel Distribuição Rio e diretora de Regulação da Enel Brasil. É também conselheira da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), do Instituto Acende Brasil e conselheira suplente da Associação dos Distribuidores de Energia (Abradee).

Sobre as suas principais conquistas e desafios nos últimos 12 meses, Anna Paula destaca “a melhoria contínua da qualidade da Enel Rio e o financiamento da escassez hídrica para manter a sustentabilidade do setor e minimizar o impacto nas tarifas, conquistas essas fruto do diálogo com regulador, diversos atores e consumidores.”

No final do ano passado, visando suprir o aumento de demanda por energia elétrica, a área responsável pelas redes da Enel Rio, reforçou a equipe de operação e manutenção da rede elétrica.

Esse foi o Plano Verão 2021/2022, em que foram investidos cerca de R$ 730 milhões em ações de melhoria da rede, manutenção e atendimento a pedido de novas conexões.

No total, a companhia investiu mais de R$ 1 bilhão em 2021 na modernização, automação e ampliação da capacidade da rede elétrica nos 66 municípios atendidos pela empresa.

O valor contempla obras de ampliação e modernização de subestações, além da construção de linhas de transmissão, da instalação de 500 novos para-raios em quatro linhas de transmissão e do aumento da capacidade total da companhia em 99,6 MVA.

Outro destaque foi a retomada das obras da Subestação Casimiro e de uma linha de transmissão que alimentará a unidade.

A nova SE terá a capacidade instalada de 16 MVA, além de abastecer cerca de 18 mil clientes. Para essas obras, foram investidos cerca de R$ 36 milhões.

Sobre suas perspectivas para o setor, Anna Paula acredita que “grandes desafios nos esperam, principalmente porque o nosso mercado vive constante mudanças fruto das inovações tecnológicas”.

Para a diretora presidente da Enel Distribuição Rio, as renováveis em conjunto com as baterias irão, mais do que nunca, desembarcar no Brasil e a liberalização do mercado vai trazer enormes desafios.

“As distribuidoras terão um papel fundamental na modernização e digitalização de suas redes, de forma a orquestrar todos os recursos energéticos distribuídos, contribuindo assim para Transição Energética. O mercado vai se readequar de uma forma que nunca experimentamos”, aposta Anna Paula.

Esta é a primeira edição que Anna Paula se destaca na lista dos 100 Mais Influentes da Energia e, para ela, o prêmio é “fruto de um trabalho desenvolvido com afinco e abnegação”.

“São mais de 24 anos trabalhando no setor, enfrentando desafios e crescendo profissionalmente entre falhas e conquistas. Sinto que meu momento profissional é especial por diversos motivos, e esse prêmio só me anima a seguir trilhando esse caminho. Agradeço aos meus companheiros de trabalho, chefes que passaram por minha vida e também a minha equipe, pois certamente sem eles não seria possível todo esse reconhecimento do meu trabalho”, afirma Anna Paula.

Confira essa e mais matérias exclusivas na Edição 42 da revista Full Energy

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias