Assinaturas de energia solar crescem mais de quatro vezes no estado de SP

Economia média na conta de luz dos assinantes neste semestre foi da ordem de 13% durante o período de cobrança pela escassez hídrica

A quantidade de contratos para fornecimento de energia solar por assinatura no estado de São Paulo cresceu mais de quatro vezes no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do exercício anterior 2021. Segundo levantamento da Sun Mobi, a quantidade de energia entregue aos assinantes saltou 165 mil kilowatt/hora (kWh) para cerca de 700 mil kWh entre janeiro e junho de 2022.

Alexandre Bueno, sócio da Sun Mobi, em uma das usinas da empresa no estado de SPO serviço de assinatura de energia solar da Sun Mobi, que pode ser adquirido da mesma forma como é feito com a Internet e Tv a Cabo, é realizado pelas usinas fotovoltaicas da empresa localizadas nas cidades de Porto Feliz (SP) e Araçoiaba da Serra (SP) e que estão conectadas no sistema de distribuição da CPFL Piratininga, que atende 27 cidades do Interior de São Paulo e Baixada Santista (veja lista abaixo).

A aposta da Sun Mobi é democratizar ainda mais o acesso à tecnologia fotovoltaica para os consumidores paulistas, sobretudo para os pequenos negócios, como restaurantes, padarias, condomínios, mercados e empresas de serviços. Entre janeiro e junho deste ano, a economia média na conta de luz dos assinantes foi da ordem de 13% durante o período de cobrança pela escassez hídrica e de 6% nos meses de bandeira verde.

Segundo dados da Sun Mobi, a economia somente em bandeiras tarifárias para os assinantes da empresa foi de mais de R$ 180 mil de setembro de 2021 a abril de 2022.

Além do alívio nos custos de operação, o crescimento do uso de energia solar por pequenos comércios reflete também o retorno mais eficiente e sustentável com o fim das restrições da pandemia. Esses estabelecimentos passaram a apostar em eficiência energética e inserção na “agenda verde” do chamado de ESG (pilar empresarial que traz como base o desenvolvimento de políticas de meio ambiente, sustentabilidade e governança).

Gestão e eficiência energética

A tecnologia da Sun Mobi inclui a instalação de um sistema de monitoramento do consumo de energia elétrica dos assinantes, que acompanha o gasto de eletricidade e emite alertas quando há ocorrências de pico de consumo dos aparelhos elétricos, além de gerar relatórios com informações sobre o comportamento do usuário em relação gastos de energia dos equipamentos, justamente para auxiliar e conscientizar o usuário.

A proposta é combinar o uso da energia solar via assinatura com a tecnologia de monitoramento, justamente para estimular a adoção de medidas que buscam aumentar a eficiência energética e, assim, reduzir de forma consciente o consumo nas residências e empresas.

O equipamento é um sensor instalado no quadro de luz do cliente. Aqueles que ocupam edificações menores, com gasto de até 1.000 kWh por mês, recebem um display de mesa que traz informações instantâneas sobre o consumo. Já para os clientes de maior porte, o monitoramento é feito de forma online via aplicativo.

“Mais da metade dos nossos clientes já tomou medidas de redução de consumo. Na prática, o uso da energia solar e do nosso dispositivo de monitoramento reflete uma grande medida de eficiência energética implementada nas residências, comércios, indústrias e propriedades”, explica Alexandre Bueno, sócio-diretor da Sun Mobi

Como funciona a assinatura de energia solar

As usinas solares da Sun Mobi fornecem, por meio do fio da própria concessionária local, energia limpa e barata para edificações de todos os portes, entre casas, apartamentos, imóveis alugados, comércios e indústrias. O grande diferencial é a ausência de necessidade de investimento próprio num sistema de geração de energia em telhado ou num pequeno terreno, além do baixo custo do serviço e redução nas despesas com tarifas da conta de luz.

 “É uma opção para consumidores que se encontram em imóveis alugados, apartamentos ou ainda que não tenham condições de fazer investimentos num sistema fotovoltaico. Os consumidores têm alívio na conta de luz por dois motivos: primeiro, fazem gestão ativa do seu consumo com os sensores e informações disponibilizadas pela Sun Mobi e, depois, pela não incidência das famigeradas bandeiras tarifárias nas contas de energia dos clientes da empresa”, explica Bueno. “Temos dobrado nossa base de clientes a cada dois anos e esperamos chegar a 6 mil consumidores atendidos nos próximos três anos”, acrescenta.

Assinantes de energia solar por ramo de atividade em SP

 Segmento         Participação

Restaurante      31%

Padaria             18%

Condomínio     14%

Mercado           10%

Cervejaria           9%

Comércio/Serviço      7%

Pessoa Física     6%

Escritório             4%

Associação         1%

 

Cidades atendidas pela Sun Mobi

  1. Alumínio
  2. Araçariguama
  3. Araçoiaba da Serra
  4. Boituva
  5. Campo Limpo Paulista
  6. Capela do Alto
  7. Cubatão
  8. Guarujá (Vicente de Carvalho)
  9. Ibiúna
  10. Indaiatuba
  11. Iperó
  12. Itu
  13. Itupeva
  14. Jundiaí
  15. Louveira
  16. Mairinque
  17. Porto Feliz
  18. Praia Grande
  19. Salto
  20. Salto de Pirapora
  21. Santos
  22. São Roque
  23. São Vicente
  24. Sorocaba
  25. Várzea Paulista
  26. Vinhedo
  27. Votorantim

 

 

Próximo Post

Most Popular