Braskem e Casa dos Ventos anunciam acordo para fornecimento de energia eólica que vai evitar a emissão de 700 mil toneladas de CO2

Parceria prevê o fornecimento por 20 anos pela Casa dos Ventos, fortalecendo a estratégia de ampliação da matriz energética renovável da Braskem

A Braskem assina contrato para aquisição de energia eólica da Casa dos Ventos, uma das pioneiras e maiores investidoras no desenvolvimento de projetos do segmento no Brasil. O contrato corporativo de energia elétrica (PPA) está vinculado à construção de um novo parque eólico e prevê o fornecimento de energia renovável por 20 anos, com estimativa de evitar a emissão de cerca de 700 mil toneladas de CO2no período. A Casa dos Ventos será responsável por direcionar o investimento na implementação do parque.

“Este é nosso quarto contrato para aquisição de energia renovável de longo prazo, sendo o maior em volume adquirido até o momento. A partir dele, contribuiremos para a construção de mais um parque de geração de energia e fortalecemos a estratégia de termos uma matriz energética cada vez mais renovável em nossa operação e na operação da cadeia petroquímica, reafirmando o nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável. Estamos empenhados em nos tornamos uma empresa carbono neutro até 2050, com a meta de reduzir em 15% nossas emissões até 2030, e este é mais um passo nessa jornada”, afirma Gustavo Checcucci, diretor de Energia da Braskem.

Além da compra de energia, a Braskem terá a opção de adquirir, condicionada à aprovação das instancias de governança competentes, uma participação acionária nos parques eólicos, possibilitando o regime de autoprodução. “Desenvolvemos um modelo sob medida, no qual somos responsáveis pela construção e operação dos parques eólicos, mas deixamos aberta a possibilidade de que nossos parceiros possam se tornar acionistas desses empreendimentos, no futuro. É um modelo que gera benefícios para todos, principalmente para o país, ao incentivar um modelo de transição energética para grandes consumidores”, explica Lucas Araripe, diretor de novos negócios da Casa dos Ventos.

Compromisso com a energia renováveleolica

Em 2020, a Braskem anunciou outros dois importantes contratos para aquisição de energia renovável. O primeiro acordo, divulgado em março,com a multinacional francesa Voltalia, viabilizará a expansão do complexo solar Serra do Mel, no Rio Grande do Norte, com capacidade de gerar 270 MW. O segundo, anunciado em junho, é umaparceria com Canadian Solare viabiliza a construção de uma usina solar no Norte de Minas Gerais, com capacidade instalada de 152 MWp, o suficiente para abastecer uma cidade de 430 mil habitantes.

No final de 2018, a companhia havia assinadocontrato com a EDF Renewablepara compra de energia eólica, também por um período de duas décadas. Por meio dos quatro acordos, com Casa dos Ventos, Voltalia, Canadian e EDF Renewable, a Braskem estima evitar a emissão de cerca de 1,5 milhão de toneladas de CO2.

Compromisso com economia circular de carbono neutro

A Braskem anunciou um compromisso público para a ampliação de seus esforços para se tornar uma empresa carbono neutro até 2050. Para alcançar esta meta, a estratégia da companhia considera iniciativas de redução, compensação e captura de carbono, assim como ampliação do portfólio I’m green™, que inclui os produtos com foco em economia circular, e o engajamento para que nos próximos dez anos haja o descarte adequado de 1,5 milhão de toneladas de resíduos plásticos.

Tanto a Braskem quanto a Casa dos Ventos aderiram formalmente ao Pacto Global e aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Organização das Nações Unidas. Esta parceria, junto com as iniciativas da Braskem para as próximas décadas, está alinhada à Agenda 2030 da ONU e o Acordo de Paris para o controle dos impactos das mudanças climáticas. Conheça o manifesto da Braskem emwww.braskem.com.br/macroobjetivos.

Próximo Post

Últimas Notícias

Casino siteleri

- Kalebet -
Holiganbet
- Meritroyalbet giriş - mersin escort - www.mersindugun.com - Trbet giriş