EDPR adquire empresa norte-americana de geração solar distribuída e entra em um novo segmento de negócio

A EDPR, através da sua subsidiária EDP Renewables North America, estabeleceu um acordo para a aquisição de uma participação maioritária na C2 Omega, a plataforma de produção solar distribuída detida atualmente pela C2 Energy Capital.

A EDPR irá adquirir a participação de 85% em um portfólio de geração solar distribuída que inclui 89 MW de capacidade em operação, e em iminente conclusão, e cerca de 120 MW em desenvolvimento, distribuídos por cerca de 200 projetos, em 16 Estados norte-americanos.

O investimento da EDPR corresponde a um valor empresarial de cerca de 119 milhões de dólares para a aquisição de capacidade operacional (89 MW). A transacção inclui também o pagamento de um prêmio baseado no futuro crescimento da capacidade operacional. A equipe de gestão da C2 continuará fazendo parte das operações do dia-a-dia da empresa.

Esta transação irá permitir à EDPR torna-se um operador de um dos maiores portfólios comerciais e industriais de geração distribuída nos Estados Unidos, e servirá um mercado em crescimento acelerado. Esta entrada permitirá também oferecer aos clientes um leque de novos serviços e soluções de energia renovável.

“O acordo alcançado com a C2 Omega LLC é uma etapa marcante para a EDPR, pois nos permite entrar num segmento com um enorme crescimento nos Estados Unidos, através de uma empresa líder em fornecimento de energia distribuída. A C2 Omega é uma empresa com um histórico impressionante, uma forte equipe de gestão e um portfólio comercial e industrial com muita qualidade.
Com esta aquisição, a EDPR e a C2 vão desenvolver o segmento de geração distribuída, alargar as soluções competitivas para os clientes e impulsionar o potencial de crescimento desta plataforma. O negócio confirma também o nosso compromisso com o mercado norte americano, onde já desenvolvemos mais de 7.600MW e operamos mais de 7.200MW em projetos de energia renovável”, destaca Rui Teixeira, CEO interino da EDPR.

A conclusão desta transação está sujeita às condições habituais precedentes, e está prevista para o primeiro trimestre de 2021.
Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias