Energy Day estreia com debate sobre mercado livre de energia

Primeiro dia de evento contou com presença de Reginaldo Medeiros, Thiago Teixeira, Ricardo Gedra, entre outros nomes de destaque

Na manhã desta segunda-feira (24/05), aconteceu o primeiro dia do Energy Day – evento promovido pela plataforma Full Energy do Grupo Mídia. O tema escolhido para abrir o evento foi “Os avanços e obstáculos do mercado livre de energia em tempos de pandemia. ”

O evento teve início com uma mesa-redonda sobre o mesmo tema e trouxe importantes reflexões sobre o setor. Participaram do debate Thiago Teixeira (Superintendente adjunto da EPE – Empresa de Pesquisa Energética); João Aramis (Diretor de relacionamento COMERC ENERGIA); Reginaldo Medeiros (Presidente da ABRACEEL – Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia) e Ricardo Gedra (Gerente de análise e informações ao mercado da CCEE – Câmara de Comercialização de Energia Elétrica). A moderação da mesa foi feita por Ana Paula Loss, Gestora de Ativos do ACL na Ludfor Energia.

Aramis falou da importância da figura do comercializador varejista no cenário de abertura de mercado. “Quando um cliente ficava inadimplente debaixo de um varejista ele não podia ser desligado. Agora, com a legislação, isso já é possível. A ABRACEEL junto com a Aneel está fazendo um trabalho excelente para regularizar este desligamento. Então, vemos que o varejista vai se desenvolver ainda mais nos próximos anos. ”

Thiago Teixeira acrescentou sobre a mudança que o setor energético sofreu em função da expansão do mercado livre de energia. “A criatividade do mercado – como a do BNDES – é fundamental para se ter maior dinâmica no mercado livre de energia elétrica. ”

Reginaldo Medeiros falou sobre avanços, estagnação e retrocesso. Os avanços são referentes a independência que o mercado livre trouxe durantes a pandemia, diferente do mercado regulado.

“Já no retrocesso, referente a Medida Provisória da Eletrobras que, ao invés de avançarmos na pauta da modernização do setor, de abertura de mercado, nós tivemos um retrocesso. ”

Por fim, Ricardo Gedra também fizeram importantes contribuições para a mesa-redonda. Em seu discurso, ele explicou que as tomadas de decisões estão ligadas, principalmente, a fatores econômicos (viabilidade e custo) e, por isso, os consumidores têm escolhido o mercado livre (menor custo).

Em seguida, o Energy Day recebeu uma palestra de Gerson Sampaio, diretor técnico da Teknergia. O gestor analisou a realidade do setor e quais as tendências para os próximos anos.

Ele explicou que hoje 70% do consumo de energia vem do mercado regulado e apenas 30% do mercado livre. Mas a pandemia acelerou a migração para o mercado livre em 2020.

“Não adianta privatizar um setor se, a filosofia das que fazem parte doi setor continua uma ditadura. Não adianta privatizar uma empresa se ela continua se comportando como uma estatal. Pior ainda, muitas dessas concessionarias se fazem como estatal quando lhes interessam e quando há outros interesses agem como iniciativa privada – como acontece com a Petrobras. Isso não pode acontecer ”, acrescenta Sampaio.

Confira o primeiro dia completo de Energy Day:

 

Mais Informações

Energy Day

Data: de 24 à 28 de maio de 2021, das 10h às 12h todos os dias.

Evento: 100% digital

Inscrição gratuita: https://fullenergy.grupomidia.com/credenciamento-gratuito-29-maio-dia-mundial-da-energia/

Contato: (16) 3913-9800 ou eventos@grupomidia.com

 

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias