Nova edição da Full Energy traz Rui Altieri, da CCEE, e Augusto Salomon, da ABEGÁS

Edição 41ª da Full Energy também traz artigo assinado por Ricardo Klein Schweder, gerente da área de Gestão de Pessoas do Crea-SP

Nascido no estado do Pará, Rui Altieri é uma importante voz para o setor elétrico brasileiro. Presidente do Conselho de Administração da CCEE, Altieri possui uma longa história no setor, com passagens pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Celpa (Centrais Elétricas do Pará), entre outras companhias.

O líder, que estampa a capa da nova edição da Full Energy, foi entrevistado para a série “Realizadores que Influenciam”. O objetivo da entrevista é conhecermos mais sobre as personalidades do setor, o modelo de gestão que elas adotam com suas equipes, em quem elas se espelham e, claro, a sua visão de mercado.

Além de Rui Altieri, muitos outros executivos participaram desta série, entre eles Marcio Felix, da ENP Energy Platform; Ananias Gomes, da Insole Solar; e Celso Cunha, da ABDAN – Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares. Todas as entrevistas de “Realizadores que Influenciam” podem ser assistidas também no canal do Grupo Mídia no Youtube e Linkedin e Facebook da Full Energy.

Na editoria Energia 10, a Full Energy entrevista Augusto Salomon, presidente executivo da Abegás – Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado. Dentre vários temas, o executivo ressalta a importância da criação de projetos de lei que estimulem a utilização do GNV.

“O Brasil conta com reservas expressivas de gás natural, especialmente no pré-sal e em campos no Nordeste. É preciso, portanto, que o país crie políticas públicas que estimulem os investimentos no setor. Hoje, se o Brasil reduzisse uma parcela da reinjeção na produção nacional, arrecadaria R$ 8 bilhões/ano em fundos de participação, royalties e ICMS, ou seja, uma maior geração de renda para estados e municípios”, afirma.

A publicação também traz o artigo “A Engenharia das soft skills, o verdadeiro diferencial na profissão” escrito por Ricardo Klein Schweder, Engenheiro Mecânico e gerente da área de Gestão de Pessoas do Crea-SP – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo. Nele, o especialista alerta: “não se deixe enganar pela denominação suave (soft skills). Essas aptidões resultam de adaptações a longo prazo. O espírito de protagonismo e liderança, a curiosidade e a capacidade de resiliência ditam o sucesso desse processo, inspirando iniciativas de mudança.”

 

Clique aqui e confira a edição 41ª da Full Energy na íntegra.

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias