Raízen é certificada com selo Women on Board por diversidade em conselho de administração

Iniciativa apoiada pela ONU Mulheres reconhece empresas que incentivam a equidade de gênero em posições de liderança

A Raízen, produtora de açúcar e etanol do Brasil e licenciada da marca Shell no País, foi certificada com o selo Women on Board, iniciativa apoiada pela ONU Mulheres que reconhece a presença do gênero em conselhos empresariais. Atualmente, o Conselho de Administração da companhia conta com duas integrantes, as executivas Luciana de Oliveira Cezar Coelho e Sonat Burman-Olsson.

A chegada das novas conselheiras, que aceitaram o convite dos acionistas da Raízen neste ano-safra, reforça o empenho da empresa em criar um ambiente corporativo mais diverso e alinhado às tendências globais de aumento da equidade de gênero na alta liderança. As duas executivas integram conselhos de outras empresas e têm vivências que fortalecem o objetivo da Raízen de ser protagonista na transição energética e ampliar cada vez mais o ecossistema do negócio, exportando uma verdadeira economia circular, renovável e de baixo carbono.

Economista com mestrado pela PUC-RJ e PhD pela Universidade de Havard, Luciana de Oliveira Cezar Coelho atua no setor financeiro há mais de duas décadas e já ocupou cargos em grupos como Lehman Brothers, Merrill Lynch, ABN AMRO e Santander. Ela também é sócio-fundadora da Virtus BR Partners, empresa de assessoria financeira, e da STK Capital, gestora de recursos independente.

Sonat Burman-Olsson é graduada em economia, com MBA pela Universidade de Uppsala, na Suécia, e mestrado pela Harvard Business School e Universidade de Oxford. Tem experiência nos setores de indústria, varejo, desenvolvimento de negócios e liderança sustentável. A executiva já atuou em empresas como Electrolux, ICA Gruppen, COOP Sweden, BP e Siemens. Ocupou também a posição de membro do conselho de administração em empresas como ICA, Swedish National Pension Fund, Swedish Grocery Retailer’s Association, ICC, Swedish Trade Federation, iZettle e Neste Corporation.

“Toda a nossa jornada e ações efetivas para garantir a diversidade em nosso time foi sempre pautada por respeito, inclusão e resultados. A chegada de duas mulheres em nosso Conselho de Administração, com toda a experiência que elas carregam, nos aproxima do nosso propósito de redefinir o futuro da energia”, afirma Paula Benevides, vice-presidente de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Raízen. “O selo WOB nos coloca em um seleto grupo de empresas que valorizam diversidade e inclusão, e que agem para fazer acontecer. Estamos contentes com esse marco e sua representação, e sabemos que estamos no caminho certo, com uma liderança comprometida com o aumento da representatividade feminina na Raízen”, conclui a executiva.

Além das duas conselheiras eleitas, a Raízen formou neste ano o primeiro Comitê de Auditoria Estatutário do Brasil formado apenas por mulheres. As ações fazem parte da agenda da companhia com metas sólidas de diversidade, que tem como compromisso público ter 30% de mulheres em posição de liderança até 2025. Para chegar a esse patamar, a empresa investe em ações afirmativas desde a base do negócio, com programas de acompanhamento e mentoria de carreira que priorizam o gênero feminino.

A companhia conta ainda com um grupo de afinidade de equidade de gênero, que promove encontros quinzenais para dar tração à temática nas diversas áreas da empresa, conforme a sinalização de necessidades e pontos de atenção levantados pelos próprios participantes. Os próximos passos da Raízen envolvem ainda a estruturação de um programa de aceleração, com foco em empoderamento feminino e impulsionamento de carreiras. Também está previsto um projeto piloto de um grupo de líderes homens para falar sobre masculinidade saudável e como eles podem contribuir para impulsionar a equidade de gênero.

Lançado em parceria com a ONU Mulheres, o WOB foi fundado por um grupo de executivas motivadas por começar a medir o impacto prático da presença de mais mulheres em conselhos de administração. O selo tem como intuito reconhecer boas práticas em ambientes corporativos e acompanhar os benefícios para as companhias que investem na diversidade em posições de liderança, um ativo estratégico e importante para empresas que pretendem se destacar em eficiência, criatividade e responsabilidade social.

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias