Voltz agrega novo parceiro e se consolida como plataforma de serviços financeiros no setor elétrico

Parceria abre espaço para um mercado de pagamentos de mais de R$ 245 bilhões por ano para 80 milhões de clientes de empresas de serviços públicos como a Energisa

A Voltz, fintech do Grupo Energisa, seguindo sua estratégia de se tornar uma plataforma financeira para clientes Energisa, acaba de agregar mais um parceiro, a Bemobi, empresa de tecnologia de soluções móveis de serviços digitais, microfinanças e pagamentos.

Juntas, as empresas criaram uma importante evolução nos serviços de pagamento de contas: a partir do mês de setembro, clientes de empresas de utilities que buscam renegociação, parcelamento e outras opções de facilidade poderão contar com a Voltz para terem mais controle sobre sua vida financeira – sendo ou não portadores do cartão de crédito da empresa.

A adição de novas formas de pagamento contempla todos os clientes da Energisa – adimplentes ou não. A plataforma de meios de pagamento permitirá o pagamento de contas a partir de qualquer canal – site, app, URA (Unidade de Resposta Audível), WhatsApp, entre outros – com cartões de crédito, débito, e carteiras digitais de mercado.

Os usuários ainda poderão parcelar as faturas em até 24 vezes.

Segundo Daniel Orlean, co-CEO da Voltz, os números iniciais já demonstram a boa aceitação da flexibilização por parte dos clientes:

Segundo Daniel, a empresa já processa cerca de 2 mil transações diárias e o volume de consumidores que podem ser beneficiados pelas soluções é crescente tanto no universo da Energisa quanto de outras empresas de serviços públicos.

O mercado brasileiro deutilities, formado por mais de 80 milhões consumidores e que processa cerca de R$ 247 bilhões anuais em pagamentos vem acelerando as iniciativas de digitalização da jornada do cliente, impulsionada pelo crescente movimento de bancarização dos últimos anos.

“O modelo da Voltz, primeira Fintech do setor elétrico, que nasceu dentro do Grupo Energisa, corresponde a estratégia de crescimento da startup, sem alavancagem, com respeito a cultura de disciplina de capital do grupo energisa”, completa o executivo.

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias