Clarissa Sadock é a nova CEO da AES Brasil

Após cinco anos no comando da AES Brasil, Ítalo Freitas assume vice-presidência de Novos Negócios para América do Sul da AES

A AES Brasil comunica ao mercado que seu conselho de administração elegeu por unanimidade Clarissa Sadock como nova CEO da companhia.

Com 16 anos de experiência em empresas da AES e economista de formação, Clarissa era vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores desde 2017. No cargo, foi protagonista da transformação da companhia, que passa por ciclo de forte crescimento. A AES Brasil investirá mais de R$ 7,5 bilhões em novos projetos de geração nos próximos anos, os quais levarão a capacidade instalada da AES Brasil dos atuais 3,9 GW para 5,2 GW.

A transição no comando da AES Brasil acontece depois da promoção de Ítalo Freitas à vice-presidência de Novos Negócios da AES na América do Sul. Nos cinco anos em que liderou a AES Brasil, Ítalo diversificou o parque gerador da companhia, que antes operava exclusivamente por meio de usinas hidrelétricas e hoje tem 1200 MW em unidades de geração eólicas e solar em três estados. O período também foi marcado por um forte investimento em tecnologia e pela digitalização das operações. No novo cargo, Ítalo vai coordenar a ambiciosa estratégia de crescimento da AES na região.

“Temos a visão de construir uma empresa ainda mais próxima dos clientes, mais flexível e capaz de aproveitar as inúmeras oportunidades de expansão do mercado brasileiro, e Clarissa reúne qualidades únicas para liderar a AES Brasil nesse novo ciclo”, diz Julian Nebreda, presidente da AES para a América do Sul.

“Após uma série de conquistas à frente da operação brasileira, Ítalo vai levar sua experiência, seu conhecimento e sua paixão por energias renováveis e inovação para todos os mercados da AES no continente”.

Com o fortalecimento de sua já sólida posição no mercado de geração de energia e com apoio do seu controlador, a AES Brasil se posiciona para se tornar referência em energia sustentável no mercado livre de energia.

Para atender à demanda do mercado livre, a AES Brasil lançou em novembro o Energia+, plataforma digital de venda de energia para o varejo, um projeto inovador que oferece aos clientes um canal para trocar, de forma simples, seu fornecedor de energia. A plataforma oferece também soluções financeiras para os clientes.

“Estou entusiasmada por assumir a presidência da AES Brasil num momento tão importante na história do setor elétrico brasileiro”, diz Clarissa Sadock.

“Estamos muito bem posicionados para acelerar nosso crescimento: temos ativos eólicos para desenvolver nos melhores ventos do país, conhecemos as necessidades dos clientes para entregar projetos customizados e estamos ampliando nossa capacidade financeira para continuar crescendo de forma sustentável.”

A AES Brasil está construindo um complexo para a geração de 322 MW em energia eólica em Tucano, no Estado da Bahia, com um investimento de R$ 1,5 bilhão. Simultaneamente, a Companhia se prepara para iniciar o desenvolvimento do complexo de Cajuína, no Rio Grande do Norte, o qual demandará novo investimento de mais de R$ 6 bilhões de reais. A companhia já comunicou ao mercado que continua atenta a potenciais oportunidades de aquisição. No momento, há cerca de 3 GW de novos projetos em análise, tanto greenfields quanto potenciais aquisições.

“A AES Brasil é hoje um exemplo dos benefícios de se perseguir uma estratégia dedicada a energias renováveis e antenada às necessidades dos clientes”, diz Ítalo Freitas.

“Há inúmeras oportunidades de geração de valor na troca de experiências entre nossas operações na região, e estarei ao lado da Clarissa e do time da AES Brasil nesse novo ciclo”.

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias