Inovação da Siemens usa dados para detectar fraudes na rede elétrica e gera ganhos para a CPFL

Inovação da Siemens usa dados para detectar fraudes na rede elétrica e gera ganhos para a CPFL

  • Sistema inteligente utiliza dados para auxiliar distribuidora de energia a combater“gatos” na rede
  • Plataforma automatiza análise de informações da rede elétrica a partir do uso de tecnologias como Inteligência Artificial e Machine Learning
  • Solução tem como foco grandes consumidores de energia como indústrias, shoppings e faculdades

Reforçar a detecção de fraudes na rede elétrica a partir dos dados gerados pelos medidores. Esse é o diferencial da solução inteligente desenvolvida pela Siemens que tem feito a diferença na gestão de redes elétrica da CPFL. Instalado no último mês de julho, o novo sistema automatiza a análise das informações geradas pelo consumo de energia para potencializar a detecção de variações na rede e identificar com mais agilidade possíveis fraudes.

Essa inovação tem como base o uso de tecnologias como Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning, que a partir da leitura de dados dos medidores passam a gerar algoritmos que entram em uma lista de parâmetros de possíveis fraudes. Dessa forma, o sistema passa a fazer a gestão dessas informações automaticamente, e qualquer variação na rede é gerado um alarme, agilizando um processo que antes era feito manualmente, com sistemas internos e com uso de planilhas de Excel.

Falta de energia no medidor sem interrupção no fornecimento, corrente de energia mas sem tensão na rede, e medidor que parou de funcionar e retomou as atividades em qualquer inspeção são alguns exemplos de variações da rede que podem levar a fraudes no sistema e que são interpretadas pela solução inteligente desenvolvida pela Siemens para auxiliar no combate esses problemas no fornecimento de energia.

“Esse algoritmo vai aprendendo quais informações e dados que são fraudes e a identificação passa a ser mais assertiva. Há muitas análises que são difíceis de fazer a mão e com essa solução o combate aos chamados gatos fica muito mais rápido e robusto, gerando muitos ganhos para o cliente”, afirma Mario Henrique Sanchez, desenvolvedor de negócios da área de Digital Grids da Siemens.

A plataforma da Siemens tem como foco o combate a fraudes em grandes consumidores de energia como shoppings, faculdades e indústrias. O sistema já abrange mais de 80 algoritmos que consideram diferentes variações da rede que podem apontar algum tipo de fraude, e a tendência é que a solução se aprimore com a inclusão de novas identificações conforme a leitura dos dados vai aumentando com o tempo.

A CPFL é a segunda maior companhia do país no segmento de distribuição de energia atendendo cerca de 9,6 milhões de clientes em 687 cidades dos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. A companhia mantém uma participação de 14% do mercado nacional.

Próximo Post

Últimas Notícias