Com o lançamento do SF8, Soltec revela perspectivas para o mercado brasileiro no pós pandemia

Com o lançamento do SF8, Soltec revela perspectivas para o mercado brasileiro no pós pandemia

Mesmo em meio à pandemia da Covid-19 e todos os problemas que a pandemia trouxe, o mercado de energia conferiu, em 2020, o lançamento de uma nova tecnologia fotovoltaica: o SF8, um rastreador muldrive projetado para os maiores módulos do mercado, que possue de 72 a 78 células.

Dentre os grandes diferenciais do produto está a sua configuração mínima de 2×60 com, ao menos, quatro strings, além do sistema wireless que conecta todos os rastreadores da planta.

“Essa nova geração de placas rastreadoras possui um tubo de torque superdimensionado com geometria aprimorada, oferecendo maior resistência aos nossos clientes”, observa Carlos Mena, General Manager da Soltec no Brasil.

Além disso, o SF8 vem com uma redução do número de peças com relação a outros produtos. Dessa forma, o rastreador se torna muito mais fácil e rápido de instalar, repercutindo no menor custo de instalação, manutenção e na obtenção de maior retorno no investimento.

O rastreador de eixo único está previsto para chegar ao Brasil no segundo semestre de 2021.

Soltec no Brasil

Atualmente, o Brasil é um dos principais mercados para a Soltec, que possui uma grande fábrica no estado da Bahia. Segundo pesquisa do grupo Wood Mackenzie, em 2019, a empresa dominou mais de 40% do setor de energia solar brasileiro.

“Nossa atuação no mercado brasileiro trouxe resultados impressionantes. Batemos um recorde de 3,5 GW com nossos projetos e passamos a ter um sistema fotovoltaico de mais de 400 MW”, revela Mena.

 

O gestor considera que o país oferece condições extremamente favoráveis para o mercado que, ao longo dos anos, vai desempenhar um papel importante no desenvolvimento social, econômico e ambiental do Brasil. “A energia solar é a fonte renovável com menos impacto ao meio ambiente, e ainda gera muitos empregos e renda, então permite grandes avanços e benefícios para a população.”

Além disso, a Soltec também se mostra importante para a geração de empregos no setor de energia solar no país, que chegou a criar 43.000 novas oportunidades em 2020.

“No contexto atual da crise causada pela pandemia da Covid-19, acreditamos que o mercado fotovoltaico vai desempenhar um papel chave na recuperação econômica, tanto por lucro quanto por oportunidades.”

 

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias