Entra em operação comercial a primeira usina solar da Safira, com energia vendida integralmente pela Enercred

Localizada em Montes Claros (MG), usina tem capacidade instalada de 5 MW

Uma nova usina solar com 5 MW de capacidade inicia operação em Montes Claros, Minas Gerais. Trata-se de um projeto da Safira VMF, uma das principais empresas do ecossistema de energia do País, que teve a energia vendida totalmente pela Enercred para pessoas físicas. Com o compartilhamento da energia solar desta usina, sobe para mais de 7,5 mil o número de unidades consumidoras residenciais e comerciais atendidas pela Enercred no Estado, o que abrange cerca de 30 mil pessoas.

A fazenda solar de Montes Claros é formada por cinco usinas de 1 MW, equipadas com painéis rastreadores solares. A Safira, por acreditar no potencial das fontes renováveis, bem como na tecnologia e nas aplicações como iniciativas que contribuem para a modernização do setor energético brasileiro, investiu no projeto.

“Identificamos na Enercred um projeto relevante e inovador, de modo que resolvemos investir na empresa, fornecendo todas as condições para que ela atingisse a maturidade e seu projeto se tornasse realidade”, afirma o diretor executivo da Safira Energia, Mikio Kawai Jr.

O CEO da Enercred, José Otávio Bustamante, destaca que, “com a entrada da usina de Montes Claros, a empresa ampliou muito sua base de atendimento, levando energia limpa e renovável a um número bem maior de unidades consumidoras, com o benefício de redução do valor da conta de luz”.

O serviço da Enercred permite a utilização de um percentual da energia solar produzida ao consumidor, sem a necessidade de investimentos em equipamentos próprios. Além de um consumo mais sustentável, o usuário ainda conta com um desconto de até 10% no valor da conta de luz. Mais indicado para consumidores residenciais ou comerciais com gasto de eletricidade superior a R﹩ 150,00 mensais, o serviço funciona na modalidade de assinatura mensal.

A Enercred possui sob sua gestão outras quatro usinas de 2,5 MW cada, sendo duas localizadas em Juiz de Fora, e outras duas em Paraisópolis, também no sul de Minas Gerais, que já estão prontas e aguardam conexão no sistema. Do total da capacidade de 10 MW destas quatro usinas, a Enercred já conquistou novos clientes para compartilhar cerca de 50% do total de energia a ser gerada por estas fazendas. “Apesar desta situação atípica de pandemia em 2020, estamos conseguindo levar adiante o nosso projeto de expansão de capacidade, e em breve teremos mais de 15 MW de energia limpa e renovável conectados ao sistema e com o preço da energia mais acessível”, observa Bustamante.

A energia produzida pelas usinas solares é injetada na rede elétrica da distribuidora concessionária, gerando créditos que a Enercred repassa aos clientes, na forma de desconto, que pode chegar a 10% do valor da conta de luz. “O desconto, ao longo de um ano, equivale ao gasto de um mês da conta de luz que o consumidor deixará de pagar, algo bem significativo”, afirma o CEO da Enercred.

A contratação é feita de forma digital, pelo site http://www.enercred.com.br ou por meio de um aplicativo disponível para smartphones com Android ou IOS.

Próximo Post

Últimas Notícias

Casino siteleri

- Kalebet -
Holiganbet
- Meritroyalbet giriş