Gás Verde cria o BIORec, certificado de rastreabilidade do biometano

Grupo Urca Energia se tornou oficialmente signatário do Pacto Global

A empresa Gás Verde, integrante do Grupo Urca Energia, está lançando o primeiro certificado de biometano a partir de resíduos sólidos urbanos do Brasil.

É o BIORec, documento que comprova o atributo ambiental da produção, do tratamento e da distribuição do biometano adquirido pelos clientes junto a Gás Verde.

Além disso, também nesta semana (segunda,22) o Grupo Urca Energia passou a ser um dos signatários do Pacto Global, iniciativa mundial para a redução efetiva dos Gases de Efeito Estufa (GEE) e adoção de soluções sustentáveis.

Como signatário, o Grupo Urca Energia se compromete a incorporar os Dez Princípios estabelecidos em prol da sustentabilidade pelo Pacto Global, assim como monitorar a evolução da implantação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nas suas operações.

O certificado BIORec é emitido pela BlockC, plataforma de emissão e certificação de créditos de carbono, e auditado por uma terceira parte independente, comprovando os benefícios gerados pelo produto e atestando a veracidade das informações.

Para os clientes, o BIORec significa a rastreabilidade do produto e o apoio no inventário de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) em instrumentos como o GHG Protocol.

O lançamento do BIORec ocorrerá durante o “Seminário das Energias Renováveis no Estado do Rio de Janeiro”, no Plenário do Tribunal de Justiça (TJ), no Centro do Rio.

Pelo fato de o biometano ser um combustível verde, com redução superior a 95% (Renovabio) de emissão de gases em seu processo produtivo, o seu uso representa uma solução para as metas ESG das empresas.

Representa a redução da necessidade de compensação de emissões de GEE por viabilizar uma transformação efetiva do processo produtivo.

Além disso, o biometano contribui para preservação do meio ambiente, uma vez que impede a liberação do metano dos resíduos urbanos na atmosfera, capturando este gás que é 25x mais poluente que o CO2.

A criação do BIORec reforça o alinhamento do Grupo Urca Energia com as metas de redução de emissões de CO2.

Pelo Acordo de Paris, o compromisso de limitar o aumento de temperatura no planeta em 1,5º C só será possível com a redução das emissões de CO2 e metano até 2030.

Além de inovar com a criação do certificado BIORec, o Grupo Urca Energia também foi o responsável pelo cancelamento de crédito de carbono da primeira usina termelétrica carbono neutro do Brasil.

Na operação, o grupo adquiriu créditos de carbono para o processo de cancelamento voluntário de emissões. O movimento representou um importante avanço das ações de sustentabilidade do setor.

Nos próximos meses, o Grupo Urca Energia iniciará a construção da primeira planta de CO2 verde oriundo de aterros sanitários no Brasil, reforçando o seu alinhamento com os princípios da economia circular.

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias