Renovigi inaugura centro de distribuição de geradores de energia solar em Pernambuco

A Renovigi Energia Solar vai inaugurar, no primeiro trimestre de 2023, um complexo de fabricação de sistemas fotovoltaicos em Jaboatão dos Guararapes (PE), que inclui unidade montadora dos equipamentos e centro de distribuição.

A nova unidade, terceira da companhia no país, vai atender ao crescente mercado de energia solar na região. O anúncio será feito na próxima quinta-feira, dia 1, em evento promovido pela Renovigi em Recife.

A comercialização dos sistemas vai atender a todos os estados da Região Nordeste, que hoje corresponde a cerca de 20% do faturamento da empresa.

A Renovigi possui os centros de Louveira (SP) e Navegantes (SC), além da matriz em Chapecó (SC) e escritório em Campinas (SP).

De acordo com o gerente executivo da Renovigi, Guilherme Costa, a região dispõe de uma boa malha viária, o que vai tornar mais eficiente a entrega dos equipamentos, contribuindo para expandir a atuação da empresa, além de estar próxima ao Porto de Suape, facilitando a logística para o recebimento de matéria-prima para produção dos geradores.

Hoje, a Renovigi conta com uma robusta base de credenciados no Nordeste, que atuam na venda direta, instalação e manutenção dos kits de energia solar para o público final.

“O Nordeste tem um potencial muito grande de incidência solar, ao mesmo tempo em que os equipamentos estão ficando cada vez mais acessíveis. Temos um espaço gigantesco para crescimento da fonte solar na região nos próximos anos”, comentou Costa.

De acordo com o gerente executivo, a nova unidade está alinhada aos planos de expansão da Renovigi, que, desde março deste ano, passou a integrar o Grupo Intelbras, contando com a solidez de uma companhia com 46 anos de atuação no mercado, e compartilhando o mesmo centro de pesquisa e inovação.

“O histórico da Renovigi é muito importante para a sua consolidação no mercado. Estamos falando de equipamentos que tem uma vida útil de 25 a 30 anos, por isso é importante que os projetos contem com um fornecedor que apresente a garantia e a segurança da Renovigi para a sua manutenção”, explicou o executivo.

A fonte solar, em todo o país, cresceu 59% este ano, saltando de 13,8 GW para 22 GW. A fonte já ocupa a terceira posição na matriz elétrica nacional, muito perto da eólica. A energia solar foi responsável por evitar a emissão de 30,6 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera até 2022.

Hoje, Pernambuco ocupa a 12º posição entre os estados que mais consomem energia solar em geração distribuída, com 405,5 MW de potência instalada. Entre os estados da região Nordeste, a Bahia está na frente, em oitavo lugar no ranking, com 621,4 MW. No país, o consumo residencial é o maior, tanto em número de sistemas (78,7%), quanto em potência instalada (7.134 MW), seguido por comercial e serviços, segundo dados da Absolar.

Next Post

Últimas Notícias