Soltec conecta sua primeira planta de 112 MW no Brasil

Com o funcionamento da planta, a Soltec contribuirá para evitar a emissão de 175.000 toneladas de CO2 por ano, e 115.000 lares receberão energia anualmente

A Soltec, por meio de sua divisão de negócios de desenvolvimento de projetos fotovoltaicos, a Powertis conectou sua primeira usina fotovoltaica no Brasil na cidade de Pedranópolis (São Paulo), com capacidade de 112,5 MW.

O projeto permitirá o fornecimento anual de eletricidade para 115.000 residências e evitará a emissão para a atmosfera de aproximadamente 175.000 toneladas de CO2 por ano.

A planta, batizada de Pedranópolis, foi construída pela Soltec Brasil e conta com 210.000 painéis solares e 3.750 seguidores SFOne da Soltec.

O investimento feito no seu desenvolvimento atingiu cerca de 80 milhões de euros e possibilitou a criação de mais de 550 postos de trabalho (diretos e indiretos), promovendo o emprego nas comunidades locais e a inclusão das energias renováveis.

Segundo Raúl Morales, CEO da Soltec: “Para nós, o mercado brasileiro é estratégico, tanto pelo desenvolvimento de projetos fotovoltaicos quanto pela nossa divisão industrial. Temos uma posição de liderança e uma visão clara de longo prazo. Atualmente, a Powertis possui um portfólio de 4,5 GW em diferentes fases de desenvolvimento no Brasil”.

“É com orgulho que anunciamos este marco, que é o primeiro projeto conectado da empresa no país. Nossa missão é contribuir para um futuro sustentável e, graças ao grande esforço e coordenação de todos os integrantes da equipe, além da cooperação com as comunidades locais, estamos um passo mais perto”, afirmou Pablo Otín, CEO da Powertis.

Desta forma, a Soltec continua com sua estratégia de entrada no mercado brasileiro e expansão internacional através da Powertis em mercados-chave para o setor fotovoltaico, como Espanha, Itália, Colômbia, Brasil, Dinamarca e Estados Unidos.

Próximo Post

ENERGY DAY

Nenhum evento encontrado!

Últimas Notícias